Imagem Autor
Postado por Diego Ariel
Categoria: Esporte e Saúde

CrossFit... Vilão ou Mocinho?


Imagem

O CrossFit® é o programa de treinamento funcional de alta intensidade que mais cresceu e ganhou fama na atualidade. 

Quando menos se espera, um novo Box de CrossFit® é aberto (acho que só perde para o número de farmácias novas...). De acordo com o site oficial (https://map.crossfit.com), os Boxes de CrossFit® são encontrados em 142 países (até na Groelândia tem...), existindo mais de 10.000 afiliados no mundo todo.

 

Que o CrossFit® é um excelente programa de treinamento ninguém tem dúvida.... Contudo, o CrossFit® é seguro? Será que toda essa intensidade pode ser prejudicial?

 

 

Vez ou outra escutamos falar de um conhecido que teve um acidente no CrossFit® ou vemos algo a respeito na internet... para não ficar no “ouvi dizer”, vamos ver o que dizem as evidências científicas:

Um estudo Holandês, com 449 atletas, observou que a incidência de lesões em atletas participantes do CrossFit® foi de 56,1%. Os locais de lesão mais frequentes foram o ombro, a parte inferior das costas e o joelho. Há um aumento do risco de lesão nos primeiros 6 meses de prática da atividade e eles concluíram que a maioria das lesões foi causada pelo uso excessivo ou má técnica de execução.

 

 

Outro estudo, com seguimento de 4 anos, dessa vez americano, sugere que o treinamento CrossFit® é relativamente seguro em comparação com outras modalidades de treinamento mais tradicionais. No entanto, foi observado que praticantes em seu primeiro ano de treinamento correm um maior risco de lesões, bem como aqueles com volume de treino menor de que 3 dias por semana (cada treino de 1 hora).

 

 

Praticado de forma correta, com supervisão e seguindo a técnica adequada, o CrossFit® apresenta taxas de lesões comparáveis às de outros esportes recreativos ou competitivos, como musculação e corrida. E, por incrível que pareça, segundo um estudo brasileiro, a incidência de lesões do CrossFit® é quase a metade do número de lesões decorrentes do futebol. 

 

 

RESUMINDO

 

1. Procure realizar a técnica correta de cada exercício

2. Treinar 3 dias por semana, em torno de 1 hora em cada treino

3. Evite o Overuse (“Evite os excessos”.... Sempre tem aquele amigo mala que fica incentivando para aumentar a carga ou aumentar as repetições.... Evite isso também...)

4. Por fim.... ouça seu corpo, ele é o melhor indicador de que aquele exercício lhe beneficia ou prejudica.

 

Boa sorte e bons treinos

 

Para mais informações navegue em nosso Blog, entre em Contato ou converse com seu Ortopedista. 

 


Compartilhe


Comentários

  • Patrícia Couto

    Excelente tema e texto. Particularmente, não sou MT fã do Crossfit. Acho uma modalidade extremamente agressiva ao corpo e se penso em longo prazo a coisa me parece ainda mais sem sentido tendo em vista que a esmagadora maioria dos praticantes acabam tendo que recorrer a inúmeros "suportes" para pratica-lo ou estender um pouco mais os anos de treinamento.

    • Dr. Diego Ariel

      Oi patrícia, tudo ok!?!?

      Realmente, o CrossFit é uma modalidade que desafia os limites do corpo... Aparentemente, se praticado com moderação, ele é um exercício bastante completo ... contudo, como ainda é uma modalidade relativamente nova, seu impacto a longo prazo ainda não é totalmente definido... vamos aguardar  

Comentar